Equipa Principal
Daniela Domingues.jpg
Daniela Domingues

Coordenação Pint of Science Portugal

Neurocientista de profissão, amante de cerveja em part-time! Estou bastante feliz por ser a responsável por trazer o Pint of Science para Portugal. Espero conseguir com a ajuda de toda a equipa levar o melhor dos dois mundos – ciência e cerveja – a todos os portugueses! Está na altura da ciência deixar o laboratório e passar a ser tópico de conversa entre amigos num bar.

Cláudia_Martins.jpg
Cláudia Martins

Coordenação Pint of Science Guimarães

Engenheira Biomédica de formação, atualmente doutoranda em Ciências Biomédicas e investigadora na área da Nanomedicina. Como uma vimaranense de gema, a minha missão neste projeto é diminuir o distanciamento entre a ciência e o público da minha cidade. Juntamente com uma equipa de excelência, prometo trazer o melhor do panorama científico nacional para uma discussão descontraída, descomplicada e acessível a todos, num ambiente informal. Sejam bem-vindos ao Pint of Science Guimarães, porque “aqui nasceu Portugal”!

RubenFSOliveira.png
Rúben Oliveira

Coordenação ético-científica

Primeiro biólogo, depois ecólogo, e agora comunicador de ciência. Dedico-me à aproximação entre a Ciência e a Sociedade e à promoção da literacia científica. O meu principal foco está na Ecologia e na sua ligação às restantes áreas do saber. Como faço isto? Sobretudo através de comunicações orais e da organização de actividades e eventos. Atualmente, estou particularmente interessado em avaliar o impacto e sucesso desses eventos, com base na análise de opinião e conhecimento dos participantes.

61114046_10162066294655284_1993604925518
Cláudio Rocha

Coordenação Pint of Science Porto

Mestre em Engenha Química, sou atualmente estudante de doutoramento em Engenharia Química na FEUP, onde estou a desenvolver um reator híbrido para aplicação de reformação a vapor dos resíduos da produção de azeite. Sou também apologista que a Ciência e Tecnologia deve ser cada mais partilhada e discutida em ambientes mais informais, de forma a potenciar a discussão e troca de ideias. Desta forma, porque não partilhar conhecimento científico num bar acompanhado de uma bebida?!

HXN.jpeg
Xavier Nunes

Coordenação Pint of Science Porto

Engenheiro químico e investigador científico. Apaixonado pela música e ciência, trabalho com o mais pequeno dos átomos e energias renováveis, sempre ao som de uma boa música. Tenho medo das alturas, mas com tendência a sonhar alto. Apesar de não apreciar cerveja, não dispenso uma boa conversa entre amigos num bar.

Ângela Magalhães_edited.jpg
Ângela Magalhães
Coordenação Pint of Science Guimarães

Nem sempre a investigação foi o meu maior interesse. Mas na verdade, por alguma razão até hoje desconhecida, acabei por dar-lhe uma oportunidade quando decidi tirar a licenciatura em Ciências Biomédicas. Descobri ali uma paixão escondida e uma vocação que não sabia que tinha. Quando dei por mim, estava no mestrado onde tudo se intensificou. Mais recentemente, aventurei-me no doutoramento em Biotecnologia aplicada à saúde e não sei onde isto irá parar. O que outrora não esteve nos meus planos, é hoje uma realidade que me satisfaz e desafia todos os dias. O Pint of Science é mais um desafio que abraço com dedicação, mas com um gosto especial: partilhar ciência num contexto descontraído e acessível a todos. Não tive dúvidas em dizer “SIM”!

IMG-20200807-WA0001.jpg
Daniela Gomes
Coordenação Pint of Science Braga

Licenciada em Bioquímica e Mestre em Genética Molecular. Apaixonada pela descoberta e por ver para além do visível. A curiosidade e a persistência que me caracterizam levaram-me a perceber que a Investigação é o caminho que quero seguir. Discutir ciência de uma forma simples torna-se essencial para seguir este caminho e mostrar às pessoas a importância desta área. E porque não conjugar essa conversa com uma boa cerveja?

133411745_113134697256567_62955594077438
Marlene Baptista
Coordenação Pint of Science Braga

Bioquímica de formação e mestre em Biotecnologia, ingressei recentemente no Doutoramento em Engenharia Química e Biológica . O meu projecto foca-se na implementação de um bioprocesso no sentido da economia circular, para a qual acredito que estamos a caminhar. 
Ao longo do meu percurso académico fui-me apercebendo da importância da comunicação em ciência e, como apaixonada por Ciência, acredito que se torna cada vez mais crucial existir uma conexão que aproxime a ciência e o público em geral. Além disso, sendo a cerveja um dos produtos biotecnológicos mais antigos fabricados pelo Homem e que eu aprecio bastante (desde o processo de fabrico até à degustação), o Pint of Science torna-se assim o projeto completo e apaixonante que eu procurava fazer parte.

Foto_Ruben.jpg
Ruben Peres

Coordenação Pint of Science Aveiro

Desde criança ao ver os documentários na RTP2 da National Geographic e a sonhar ser como o Homem-Aranha que a ciência se tornou um aspeto importante da minha vida e me levou a uma insaciável curiosidade. Anos mais tarde entrei em licenciatura de Biologia à procura de um interesse mais específico e de algo que me pudesse trazer realização na vida (ou então só à procura de uma aranha geneticamente modificada) e lá passei 3 anos de muita aprendizagem e diversão. Agora, em Mestrado de Bioquímica Clínica, apareceu-me a oportunidade à frente de participar num evento que junta 3 das minhas paixões: ciência, comunicação e cerveja. Sendo impossível recusar, let’s have a cold one?

Simão Correia.jpg
Simão Correia
Coordenação Pint of Science Aveiro

Desde muito cedo o fascínio pelo nosso mundo e a razão dos nossos comportamentos levou-me a seguir estudos na área das ciências, mais particularmente biologia. Atualmente, como aluno de doutoramento, estudo o comportamento e os processos evolutivos envolvidos nas interações hospedeiro-parasita. Acredito que o conhecimento e resultados produzidos na investigação devem ser de fácil acesso e compreensão para investigadores e público em geral; e para isso, nada melhor que uma conversa informal com uma boa cerveja no Pint of Science!

PoS background.jpg
Joana Pires
Coordenação Pint of Science Coimbra

---

PoS background.jpg
Rita Martins
Coordenação Pint of Science Coimbra

---

Foto_PatríciaTaborda.jpeg
Patrícia Taborda
Coordenação Pint of Science Lisboa

Enquanto estava a fazer a licenciatura em bioquímica sentia-me muito perdida no que queria fazer após concluir o curso. Até que comecei a ganhar um gosto especial por investigação e decidi tirar um mestrado em Investigação Biomédica.  Para mim o Pint of Science é muito importante para dar a conhecer a ciência incrível que é feita em Portugal da melhor maneira possível: descontraída e com uma cerveja na mão!

Foto_Rita Pires.jpeg
Rita Pires
Coordenação Pint of Science Lisboa

Bioquímica de formação, mas foi na alimentação que encontrei a minha paixão. Por isso segui o mestrado em tecnologia e segurança alimentar que estou quase a finalizar. Como não há comida sem bebida, é com muito orgulho que me dedico a este projeto, onde a cerveja é um importante objeto. Neste espaço a ciência é apresentada de forma descontraída e acessível. Vem descobrir como o Pint of Science é tão incrível.
 

Sofia Saraiva.jpg
Sofia Saraiva
Coordenação Pint of Science Guarda

Tenho formação de bioquímica e sou doutorada em Investigação e Desenvolvimento de Medicamentos. Conheci o Pint of Science durante o doutoramento em Santiago de Compostela e adorei o conceito. Ao regressar para a cidade dos 5 F’s e poder continuar a fazer investigação, estava claro para mim que o Pint tinha de vir para a Guarda! Investigação, educação, informação e comunicação são palavras chave para o desenvolvimento da nossa sociedade. Nada melhor do que ter tudo isto no ambiente descontraído de um bar, onde todos podem participar! 
Animas-te?!!

Telma Jacinto.jpg
Telma Jacinto
Coordenação Pint of Science Guarda

Mestre em Bioquímica, atualmente técnica de investigação no IPG. Fascinada pela área da nanomedicina e as suas diversas aplicações. Sempre senti uma enorme dificuldade para explicar o trabalho que realizo em laboratório aos meus familiares/amigos, por isso quando conheci o Pint of Science achei que seria a forma de comunicar Ciência (com uma cerveja na mão).Animas-te?!!

Francisca Fonseca.jpg
Francisca Fonseca

Central

Engenheira Biomédica de formação e apaixonada por ciência! Sou, desde pequena, uma pessoa bastante curiosa e indecisa, pelo que o meu doutoramento integra diversas áreas do saber, como a matemática, engenharia e biologia. A comunicação oral da ciência através do Pint of Science terá um papel fundamental para tornar a ciência acessível a todos e cativar curiosos que possam vir a tornar-se futuros investigadores de sucesso. E porque a vida é muito mais que o trabalho de laboratório ou de computador, gosto bastante de viajar e conhecer novas culturas.

6 - catia - Aveiro. O nosso mundo.jpg
Cátia Santos

Comunicação

Bióloga e investigadora, sou apaixonada por comunicação em ciência e… cerveja, claro! O meu interesse por ecologia e toxicologia ambiental levou-me no meu doutoramento a estudar os efeitos do mercúrio em gaivotas na Bélgica: terra das waffles e, muito convenientemente, da melhor cerveja do mundo. Foi durante o meu doutoramento que me despertou em mim o bichinho pela comunicação em ciência. Além de querer continuar a estudar o efeito do mercúrio e outros contaminantes no ambiente, quero também ajudar a descomplicar o que se investiga atualmente nas nossas universidades e centros de investigação. Aceitam o convite e… vai uma cerveja?

IMG_76452.jpg
Helena Beatriz

Comunicação

Escrita criativa e ciência podem não parecer aliados, mas fazem parte das minhas paixões. Também se inclui um livro ou passeio à beira mar seguido por um bom vinho branco ou cerveja, não sou esquisita. Colocar um pouco de química e materais para dar uma boa estrutura, juntar tudo num final de tarde e abrir o mundo da ciência para todos. Juntas-te a
mim?

Daniel Oliveira_edited.jpg
Daniel Oliveira

Imagem e vídeo

Biólogo por vocação, curioso de nascença. 
Interesso-me por (quase) tudo, incluindo história e artes marciais, mas tenho um carinho especial por ciência. E com tanta dessa por cá é fundamental saber divulgá-la! Que melhor maneira de o fazer do que com uma fresquinha na mão?

Patrícia Christine Silva.png
Patrícia Silva

Imagem e Vídeo

Sou Professora e Educadora de formação e atualmente Bolseira de Doutoramento em Educação na Universidade de Aveiro. Sendo a Educação em Ciência a minha área de investigação perspetivo uma Ciência acessível a todos. Este evento corrobora com esta premissa. Leva a Ciência de forma descontraída e descomplicada, sem perder o seu rigor científico, à comunidade em geral. Qual a melhor forma de comunicar Ciência com uma cerveja bem fresquinha a acompanhar? Juntas-te a nós?

IMG_20201011_185634-01.jpeg
Daniel Ribeiro
Comunicação

Nascido e criado na Roma portuguesa, Daniel é indubitavelmente dúvida ateu. É biólogo e comunicador de Ciência e a sua paixão pela Ciência fez dele um salta-pocinhas científico. Depois de Braga, Porto e Lisboa, é agora a cidade dos estudantes que o recebe na nobre missão de explicar o que é afinal a prosopometamorfopsia.