Equipa Principal
Daniela Domingues.jpg
Daniela Domingues

Coordenação Pint of Science Portugal

Neurocientista de profissão, amante de cerveja em part-time! Estou bastante feliz por ser a responsável por trazer o Pint of Science para Portugal. Espero conseguir com a ajuda de toda a equipa levar o melhor dos dois mundos – ciência e cerveja – a todos os portugueses! Está na altura da ciência deixar o laboratório e passar a ser tópico de conversa entre amigos num bar.

RubenFSOliveira.png
Rúben Oliveira

Coordenação ético-científica

Primeiro biólogo, depois ecólogo, e agora comunicador de ciência. Dedico-me à aproximação entre a Ciência e a Sociedade e à promoção da literacia científica. O meu principal foco está na Ecologia e na sua ligação às restantes áreas do saber. Como faço isto? Sobretudo através de comunicações orais e da organização de actividades e eventos. Atualmente, estou particularmente interessado em avaliar o impacto e sucesso desses eventos, com base na análise de opinião e conhecimento dos participantes.

HXN.jpeg
Xavier Nunes

Coordenação Pint of Science Porto

Engenheiro químico e investigador científico. Apaixonado pela música e ciência, trabalho com o mais pequeno dos átomos e energias renováveis, sempre ao som de uma boa música. Tenho medo das alturas, mas com tendência a sonhar alto. Apesar de não apreciar cerveja, não dispenso uma boa conversa entre amigos num bar.

Cláudia_Martins.jpg
Cláudia Martins

Coordenação Pint of Science Guimarães

Engenheira Biomédica de formação, atualmente doutoranda em Ciências Biomédicas e investigadora na área da Nanomedicina. Como uma vimaranense de gema, a minha missão neste projeto é diminuir o distanciamento entre a ciência e o público da minha cidade. Juntamente com uma equipa de excelência, prometo trazer o melhor do panorama científico nacional para uma discussão descontraída, descomplicada e acessível a todos, num ambiente informal. Sejam bem-vindos ao Pint of Science Guimarães, porque “aqui nasceu Portugal”!

61114046_10162066294655284_1993604925518
Cláudio Rocha

Coordenação Pint of Science Porto

Mestre em Engenha Química, sou atualmente estudante de doutoramento em Engenharia Química na FEUP, onde estou a desenvolver um reator híbrido para aplicação de reformação a vapor dos resíduos da produção de azeite. Sou também apologista que a Ciência e Tecnologia deve ser cada mais partilhada e discutida em ambientes mais informais, de forma a potenciar a discussão e troca de ideias. Desta forma, porque não partilhar conhecimento científico num bar acompanhado de uma bebida?!

Ângela Magalhães_edited.jpg
Ângela Magalhães
Coordenação Pint of Science Guimarães

Nem sempre a investigação foi o meu maior interesse. Mas na verdade, por alguma razão até hoje desconhecida, acabei por dar-lhe uma oportunidade quando decidi tirar a licenciatura em Ciências Biomédicas. Descobri ali uma paixão escondida e uma vocação que não sabia que tinha. Quando dei por mim, estava no mestrado onde tudo se intensificou. Mais recentemente, aventurei-me no doutoramento em Biotecnologia aplicada à saúde e não sei onde isto irá parar. O que outrora não esteve nos meus planos, é hoje uma realidade que me satisfaz e desafia todos os dias. O Pint of Science é mais um desafio que abraço com dedicação, mas com um gosto especial: partilhar ciência num contexto descontraído e acessível a todos. Não tive dúvidas em dizer “SIM”!

IMG-20200807-WA0001.jpg
Daniela Gomes
Coordenação Pint of Science Braga

Licenciada em Bioquímica e Mestre em Genética Molecular. Apaixonada pela descoberta e por ver para além do visível. A curiosidade e a persistência que me caracterizam levaram-me a perceber que a Investigação é o caminho que quero seguir. Discutir ciência de uma forma simples torna-se essencial para seguir este caminho e mostrar às pessoas a importância desta área. E porque não conjugar essa conversa com uma boa cerveja?

133411745_113134697256567_62955594077438
Marlene Baptista
Coordenação Pint of Science Braga

Bioquímica de formação e mestre em Biotecnologia, ingressei recentemente no Doutoramento em Engenharia Química e Biológica . O meu projecto foca-se na implementação de um bioprocesso no sentido da economia circular, para a qual acredito que estamos a caminhar. 
Ao longo do meu percurso académico fui-me apercebendo da importância da comunicação em ciência e, como apaixonada por Ciência, acredito que se torna cada vez mais crucial existir uma conexão que aproxime a ciência e o público em geral. Além disso, sendo a cerveja um dos produtos biotecnológicos mais antigos fabricados pelo Homem e que eu aprecio bastante (desde o processo de fabrico até à degustação), o Pint of Science torna-se assim o projeto completo e apaixonante que eu procurava fazer parte.

Foto_Ruben.jpg
Ruben Peres

Coordenação Pint of Science Aveiro

Desde criança ao ver os documentários na RTP2 da National Geographic e a sonhar ser como o Homem-Aranha que a ciência se tornou um aspeto importante da minha vida e me levou a uma insaciável curiosidade. Anos mais tarde entrei em licenciatura de Biologia à procura de um interesse mais específico e de algo que me pudesse trazer realização na vida (ou então só à procura de uma aranha geneticamente modificada) e lá passei 3 anos de muita aprendizagem e diversão. Agora, em Mestrado de Bioquímica Clínica, apareceu-me a oportunidade à frente de participar num evento que junta 3 das minhas paixões: ciência, comunicação e cerveja. Sendo impossível recusar, let’s have a cold one?

Simão Correia.jpg
Simão Correia
Coordenação Pint of Science Aveiro

Desde muito cedo o fascínio pelo nosso mundo e a razão dos nossos comportamentos levou-me a seguir estudos na área das ciências, mais particularmente biologia. Atualmente, como aluno de doutoramento, estudo o comportamento e os processos evolutivos envolvidos nas interações hospedeiro-parasita. Acredito que o conhecimento e resultados produzidos na investigação devem ser de fácil acesso e compreensão para investigadores e público em geral; e para isso, nada melhor que uma conversa informal com uma boa cerveja no Pint of Science!

Joana Pires.jpg
Joana Pires
Coordenação Pint of Science Coimbra

Apaixonada por questionar e discutir ciência, alia a sede de conhecimento a uma boa cerveja fresquinha! Natural da inigualável Cidade Neve, é licenciada em Ciências Biomédicas e mestre em Biomedicina Molecular. A curiosidade e a inquietude por descobrir e partilhar ciência sobre as mais diversas áreas levou-a a querer fazer parte da equipa do Pint of Science, pois considera que um dos maiores desafios deste século XXI é a partilhar e comunicar ciência de forma clara, divertida e dinâmica! E porque a vida é muito mais que o trabalho de laboratório ou de computador, nada melhor do que juntar ciência, cerveja e a bela cidade de Coimbra. Junta-te a nós!

Rita Martins.jpg
Rita Martins
Coordenação Pint of Science Coimbra

Desde cedo fascinada em procurar respostas e criar soluções, natural da cidade dos estudantes, com uma licenciatura em biologia e mestrado em bioquímica, anseia levar a ciência a todos e que muitas questões sejam levantadas, encontrando no Pint of Science a oportunidade ideal para tal. Vive com o dilema constante de ter demasiados interesses, mas acredita que estes possam formar uma simbiose perfeita a partir da forma como conjuga o trabalho e lazer. Um dos seus maiores desejos é que os dias tivessem mais horas e que pudesse aproveitá-las com os amigos com uma cerveja na mão e a debater ciência.

Foto_PatríciaTaborda.jpeg
Patrícia Taborda
Coordenação Pint of Science Lisboa

Enquanto estava a fazer a licenciatura em bioquímica sentia-me muito perdida no que queria fazer após concluir o curso. Até que comecei a ganhar um gosto especial por investigação e decidi tirar um mestrado em Investigação Biomédica.  Para mim o Pint of Science é muito importante para dar a conhecer a ciência incrível que é feita em Portugal da melhor maneira possível: descontraída e com uma cerveja na mão!

Foto_Rita Pires.jpeg
Rita Pires
Coordenação Pint of Science Lisboa

Bioquímica de formação, mas foi na alimentação que encontrei a minha paixão. Por isso segui o mestrado em tecnologia e segurança alimentar que estou quase a finalizar. Como não há comida sem bebida, é com muito orgulho que me dedico a este projeto, onde a cerveja é um importante objeto. Neste espaço a ciência é apresentada de forma descontraída e acessível. Vem descobrir como o Pint of Science é tão incrível.
 

Sofia Saraiva.jpg
Sofia Saraiva
Coordenação Pint of Science Guarda

Tenho formação de bioquímica e sou doutorada em Investigação e Desenvolvimento de Medicamentos. Conheci o Pint of Science durante o doutoramento em Santiago de Compostela e adorei o conceito. Ao regressar para a cidade dos 5 F’s e poder continuar a fazer investigação, estava claro para mim que o Pint tinha de vir para a Guarda! Investigação, educação, informação e comunicação são palavras chave para o desenvolvimento da nossa sociedade. Nada melhor do que ter tudo isto no ambiente descontraído de um bar, onde todos podem participar! 
Animas-te?!!

Telma Jacinto.jpg
Telma Jacinto
Coordenação Pint of Science Guarda

Mestre em Bioquímica, atualmente técnica de investigação no IPG. Fascinada pela área da nanomedicina e as suas diversas aplicações. Sempre senti uma enorme dificuldade para explicar o trabalho que realizo em laboratório aos meus familiares/amigos, por isso quando conheci o Pint of Science achei que seria a forma de comunicar Ciência (com uma cerveja na mão).Animas-te?!!

Francisca Fonseca.jpg
Francisca Fonseca

Central

Engenheira Biomédica de formação e apaixonada por ciência! Sou, desde pequena, uma pessoa bastante curiosa e indecisa, pelo que o meu doutoramento integra diversas áreas do saber, como a matemática, engenharia e biologia. A comunicação oral da ciência através do Pint of Science terá um papel fundamental para tornar a ciência acessível a todos e cativar curiosos que possam vir a tornar-se futuros investigadores de sucesso. E porque a vida é muito mais que o trabalho de laboratório ou de computador, gosto bastante de viajar e conhecer novas culturas.

6 - catia - Aveiro. O nosso mundo.jpg
Cátia Santos

Comunicação

Bióloga e investigadora, sou apaixonada por comunicação em ciência e… cerveja, claro! O meu interesse por ecologia e toxicologia ambiental levou-me no meu doutoramento a estudar os efeitos do mercúrio em gaivotas na Bélgica: terra das waffles e, muito convenientemente, da melhor cerveja do mundo. Foi durante o meu doutoramento que me despertou em mim o bichinho pela comunicação em ciência. Além de querer continuar a estudar o efeito do mercúrio e outros contaminantes no ambiente, quero também ajudar a descomplicar o que se investiga atualmente nas nossas universidades e centros de investigação. Aceitam o convite e… vai uma cerveja?

IMG_76452.jpg
Helena Beatriz

Comunicação

Escrita criativa e ciência podem não parecer aliados, mas fazem parte das minhas paixões. Também se inclui um livro ou passeio à beira mar seguido por um bom vinho branco ou cerveja, não sou esquisita. Colocar um pouco de química e materais para dar uma boa estrutura, juntar tudo num final de tarde e abrir o mundo da ciência para todos. Juntas-te a
mim?

Daniel Oliveira_edited.jpg
Daniel Oliveira

Imagem e vídeo

Biólogo por vocação, curioso de nascença. 
Interesso-me por (quase) tudo, incluindo história e artes marciais, mas tenho um carinho especial por ciência. E com tanta dessa por cá é fundamental saber divulgá-la! Que melhor maneira de o fazer do que com uma fresquinha na mão?

Patrícia Christine Silva.png
Patrícia Silva

Imagem e Vídeo

Sou Professora e Educadora de formação e atualmente Bolseira de Doutoramento em Educação na Universidade de Aveiro. Sendo a Educação em Ciência a minha área de investigação perspetivo uma Ciência acessível a todos. Este evento corrobora com esta premissa. Leva a Ciência de forma descontraída e descomplicada, sem perder o seu rigor científico, à comunidade em geral. Qual a melhor forma de comunicar Ciência com uma cerveja bem fresquinha a acompanhar? Juntas-te a nós?

IMG_20201011_185634-01.jpeg
Daniel Ribeiro
Comunicação

Nascido e criado na Roma portuguesa, Daniel é indubitavelmente dúvida ateu. É biólogo e comunicador de Ciência e a sua paixão pela Ciência fez dele um salta-pocinhas científico. Depois de Braga, Porto e Lisboa, é agora a cidade dos estudantes que o recebe na nobre missão de explicar o que é afinal a prosopometamorfopsia.

Foto_Rita Esteves.jpeg
Rita Esteves

Comunicação

Curiosa por natureza, bióloga de formação, apaixonada por tertúlias, amiga da imperial (e do fino também, para sermos inclusivos). No Pint of Science junto estes hobbies para poder aprender ciência, divulgar ciência, e desmistificar o "cientista maluco" - se bem que um pouco de loucura faz bem a toda a gente.